Redes sociais e suas tretas

Eu fico impressionada com o que vejo nas redes sociais todos os dias. Não sei se o que me chama mais atenção são os erros ortográficos que vejo em posts no facebook, se é a felicidade falsa que vejo em publicações do facebook ou se é a revolta alheia que rodeia o twitter.

Antigamente as pessoas tinham o hábito de escrever seus “segredos” em diários e ficavam irritadas quando alguém conseguia ler. Hoje postam tudo em rede social e ainda ficam loucos de raiva quando ninguém curte o seu post.

Nunca fui de expor minha vida em rede social, não acredito que ela sirva pra isso. Rede social é um lugar onde quero ver coisas pra distrair a cabeça, rir um pouquinho, falar besteiras ou seja lá o que for. Ela serve para muitas coisas, menos para divulgar a minha vida.

Caramba, é um tal de “Partiu academia”, “Partiu estudar”, “Limpando a casa”, daqui a pouco vão escrever “Partiu ir no banheiro fazer número 1 ou 2”. Tudo nessa vida tem um limite e acho que o povo já ultrapassou o limite do que pode e deve ser postado no facebook.

Falando em rede social, eu prefiro o twitter. Lá eu falo besteira, dou meu ponto de vista em algumas publicações, compro briga pelos outros, mas tudo não passa de uma diversão, uma maneira de expor o que eu penso e acho. As pessoas só precisam entender que a partir do momento que elas publicam qualquer coisa em uma rede social aberta, (você pode ter sua conta restrita, é uma escolha sua), aquela publicação está disponível para quem quiser ler e/ou comentar. Não adianta vir com mimimi de “Eu não pedi sua opinião”, nem precisa, filho! Postou ficou público, logo, está sujeito a críticas, elogios, sugestões e até a ira de algumas pessoas.

Falando sobre ira, uma coisa muito importante referente a isso: Nunca se deve faltar com o respeito com ninguém que tenha uma opinião diferente da sua. Você tem todo o direito de discutir um assunto sem exceder limites e sem faltar com o respeito.

As pessoas públicas devem sofrer horrores com isso, porque se fulano posta que gosta de A, os que gostam de B e C o chamam de tudo que é tipo de nome dizendo o quão idiota é aquela pessoa porque ela só gosta de A. Caramba, cada um com seu gosto.

Já fui xingada por tudo que é tipo de nome em posts relacionados a política e nem por isso desci o nível, prefiro não me igualar a essas pessoas que se acham maiorais e ficam pagando de certo e politicamente correto em rede social. Se me estressar demais eu simplesmente bloqueio, mas não sou de fazer isso, afinal, eu respeito a opinião dos outros, mas tudo nessa vida há um limite.

Eu já fui bloqueada no twitter por duas pessoas (até onde eu sei). Uma eu acho que não regula muito bem das ideias, porque me bloqueou sem eu ter feito absolutamente nada, fui no instagram perguntar o que tinha acontecido e fui bloqueada lá também… Tipo, oi?! Ta, não quero mais saber de seguir gente doida, vida que segue e não vou morrer por causa disso.

A outra pessoa que me bloqueou foi porque eu, no dia do lançamento do Iphone 7, argumentei que achava o IOS melhor que o Android. Dei minha opinião sobre um assunto e aceitei a resposta que tive. Surgiu outro post referente a isso e na brincadeira eu comentei que os “haters” piram com o sucesso da Apple, fui bloqueada. Tipo, oi?! (De novo)

Não sei se sou eu que entendo a rede social de uma maneira errada ou se as outras pessoas que fazem isso, mas brigar em internet é o cúmulo do absurdo.

Tem uma frase que vi na internet um dia que é mais ou menos assim: Facebook é a rede que você conta mentira para conhecidos e o twitter é a rede onde você fala verdades para desconhecidos. Se não for isso é algo bem parecido. Cara, não é verdade?! Já notaram que todo mundo no facebook tem uma vida plena e feliz e no twitter só tem revoltado? É exatamente assim.

Concluindo o assunto, acho que esse mundo virtual está alienando muito algumas pessoas.

Ahhhhh, não posso esquecer de comentar uma coisa. Na época do lançamento do Pokémon Go muitas pessoas estavam dizendo que o game era obra do coisa ruim, que não era um aplicativo de Deus, porque ele alienava as pessoas, distraiam as pessoas de tal forma que as mesmas começaram a se acidentar e coisas do tipo… Pergunta: O que o Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, Whatsapp fazem com as pessoas? Quantas pessoas sofreram acidentes por postar selfie em beira de morro, enquanto dirigiam, etc… Quantas pessoas já não foram atropeladas porque atravessaram a rua digitando no whatsapp? O que aliena mais uma pessoa? Um jogo ou uma rede social? Hoje em dia tudo tem alienado as pessoas, final de contas tudo que é demais faz mal. #FicaADica 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: